Eu não peguei Joana D’arc

Eu nunca fui bom nesse negócio da paquera, azaração, flerte, chamada para comer em casa enfim. Não sei, tentei aprender algumas técnicas, mas eu gaguejo, dou aquela suada e, casos extremos, começo a sentir problemas como taquicardia, mal funcionamento de diversos órgãos e uma letargia que transforma o Stephen Hawkin em um integrante do Cirque du Soleil.

Lembro que assistia ao programa Xaveco, no SBT, não para fins de pesquisa, mas porque eu sempre fui fã de coisas trashs. E ali tinha o ápice do cúmulo do impossível: a tal da hora do binóculo. A hora do binóculo era um lance meio Worms in love. Lembram do Worms, aquele jogo de PC onde você é uma minhoca (sem conotações, eu juro) e você tinha que matar as outras minhocas (sem conotações, eu juro – O Império contra-ataca). Pois bem, o lance do binóculo eu achava bacana porque dá um ar de guerra engraçada para a coisa. Aquela história mais ou menos assim:

– Kowalski! Ali, olha lá!
– Onde, Coronel?
– Aquela de vestido vermelho. Manda o mensageiro para avisar que vamos invadir!
– Mas meu senhor, nossas tropas são pequenas…
– Tá dizendo que eu não tenho tropa para aquele terreno, Kowalski?
– Ok, vou desertar capitão.

Daí a galera se olhava com o binóculo (eles estavam a três metros de distância um do outro, vale frisar) e decidiam quem ia para a pegação com quem, sob o atento olhar do Silvio Santos. Eu, ciente dessa técnica bacana de se usar a arte da guerra para pegar alguém, certa vez estava no Paulicéia (pô, tenho amigos com gostos diferentes do meu, todos têm), quando fui alertado por um imediato:

– Aí, a morena ali tá olhando…
– Puta merda, derrubei Campari na cabeça e dancei a Macarena, né?
– Nada, ela tá pagando um pau mano. Cola que é mil grau!
– Firmão aí, só é, é nóis, firmeza total.

E lá fui eu, láááááá fui eu, hoje a festa é na avenida resoluto e tal, já pensando no diálogo canastra. Problema é que eu estava meio bloqueado, e a coisa mais inteligente que me veio foi um “você vem sempre aqui?”. Eu não sei porque eu as vezes faço essa pergunta. Que diabos importa? Eu não sou fiscal da Receita e ela não é o Al Capone, cazzo. Cheguei, falei merda e saí. A tropa se reuniu:

– E ae?
– Ah, e ae nada, e ae?
– Ah, nada…

O flagelo da guerra deixa sem palavras. Por sorte, tinha um Kowalski por perto para dar uma força:

– Perae mano, já volto.

E lá foi ele em direção à morena, salvar o coronel da incompetência e da forca. Voltou dois minutos depois:

– E ae cara, o que ela disse?
– Ela disse que também não queria ficar comigo.

Foi promovido.

Anúncios

9 pensamentos sobre “Eu não peguei Joana D’arc

  1. Bruno disse:

    O furazóio tentou atacar mas não conseguiu. Pelo menos o ego não fica tão maltratado né?

    Guerra é guerra, meu caro… =P

  2. ivym disse:

    Realmente deve ser díficil pra um homem “engatar” um papo com uma “pretendente”. Mas nós mulheres escutamos cada besteira, que vc nem imagina (hum, acho que isso dá um post :-P).

    Posta AGORA! Dra. Pucca! =P

  3. Monicake disse:

    Tente falar sobre blogs, às vezes funciona hehehehehe

    Hahahahahahahahahahaha, só funcionou contigo porque você teve dó… =P

  4. Hahahah concordo com a ivym, a gente ouve cada uma… mas o jeito é ficar sussa… a gente acaba encarando cada tipo só porque no primeiro papo “foi normal” hahahahahah

    Hahahahahaha, de perto ninguém é normal. E de longe também não… =P

  5. […] vem sempre aqui? Tá certo que alguns homens tem certa dificuldade de flertar, paquerar, xavecar, quando vêem um pretenso “alvo”. […]

  6. biti disse:

    ainda não me convenci do lance das minhocas :P huahauhauahuuhaah

    Eu sou casto demais para fazer uma piada dessas, hahahahahahahahah =P

  7. Myrion disse:

    As vezes um ‘vc vem sempre aqui’ soa muito bem, não se engane. A paquera é como a decoração: “menos é mais”, já ouviu falar? Pois é, sou arquiteta, dá pra usar a arte da arquitetura na paquera tb.
    Quanto a soletrar meu nome… bem, fiquei sem jeito… Quem sabe em particular? Assim na frente de todo mundo tenho vergonha =)
    beijo

    Prometo que quando você me falar o nome, eu não publico… ;)

  8. rzouain disse:

    po, eu bem tentei mas me boicotaram! na proxima prometo me retratar.

    adorei o blog!

    bjs

    E na próxima eu prometo não cantar… =P

  9. RodOgrO disse:

    Melhor piada sacana EVER, “letargia que faz o Stephen Hawkin parecer integrante do Cirque du Soleil”. O post inteiro é fantástico, mas essa merece prêmio!

    Hahahahahahahaha, Stephen Hawkin é rei… \o/

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: