Dona Geórgia e Dona Ossétia

Essa história da Geórgia com a Ossétia do Norte, não sei, não consigo engolir direito. Porque deve haver alguma importância nesse imbróglio todo. Talvez seja carvão, petróleo, vodca, estátuas do Stalin, essas coisas que fazem parte da história da Rússia desde o tempo em que eles viviam na idade das trevas. É, desde sempre.

Talvez a famosa herdeira dos Romanov habite a região. Dizem que quando os comunas passaram a faca no czar, sobrou uma Romanov para contar história. Uma vez que blog não existia na época – caso existisse, o Partido ia meter um esquema adsense para os soviéticos postarem aquilo que fosse de interesse do Estado – Dona Romanov sumiu. E dentro desta cabeça nefasta acredito que ela mudou o nome para Ossétia, indo para um fim de mundo qualquer no norte, onde mais tarde tornar-se-ia cidadã proeminente fundando um país/cidade/estado/bairro/conjunto habitacional ou qualquer diabo que aquele Acre do Leste Europeu venha a ser.

Daí Dona Geórgia, puta da vida e com inveja do sucesso da amiga de fila do INSS comuna, resolveu que era hora de montar seu próprio país. Eu sei que a Geórgia é um país pois foi a nação que pariu Stalin. Que grande filho da puta da pátria!

Mas enfim, quem meteria o bedelho em uma briga entre a Ossétia do Norte e a Geórgia? Eu posso ter uma visão muito tacanha da temdemsia geopolítica mundial, mas juro que se o Paraguai e a Bolívia se matassem por um prato de comida eu ia ver de camarote, uma vez que os dois países não passam de um pedaço de terreno que não serve para merda nenhuma. Quem lembrar das muambas, eu cito a China.

Sério, acho que nem para estacionamento essas desgraças servem, porque o terreno deve ser uma merda e o maldito flanelinha vai cobrar mais caro de turistas. Sem contar que, na Bolívia, carro mil tomaria na lomba para chegar aos 117 mil metros de altitude de Potosí, lugar onde só a Apolo 13 chegou. O mesmo ocorre com Dona Geórgia e Dona Ossétia do Norte. Parece uma briga de senhoras, para ver quem faz melhor o ponto e cruz da Europa. Porque na boa, você nunca vai chegar na CVC e falar “tem pacote de viagem para a Ossétia?”. Eu nem sei direito se o lugar é habitado por pessoas ou por uma monte de carros Lada da época do Partidão.

E para a Geórgia então? Que diabos você vai fazer na Geórgia? “Ah, vou ver a casa do Stalin, o boteco onde o Stalin bebia quando era criança, o fóssil do primeiro ‘dissidente’ que o Stalin matou e depois vou ver uma estátua do Stalin”. Puta merda, vai ali na Borba Gato que dá na mesma.

Dona Geórgia, Dona Ossétia, o problema de vocês não será resolvido pela Rússia. Procurem a Marcia Goldschimidt, a Regina Volpato ou o Geraldo Rivera. Se nenhum topar, apelem e procurem aquele bichinha homofóbico (cujo o nome eu esqueci) que tem em um desses programas da tarde.

Anúncios

13 pensamentos sobre “Dona Geórgia e Dona Ossétia

  1. Junior disse:

    Rá, confessa que vc chora ouvindo “Georgia on my mind!”. Fica aí fazendo tipo :-P

    Georgia on my mind e Lenin it be (puta merda, a minha pior piada de todos os tempos)… :S

  2. Silent B disse:

    “bichinha homofóbico” foi demais, hahahahaha…

    Hahahahahaha, porra, o cara é maior reaça… =P

  3. Dani *Doduti* disse:

    Georgia,Georgia
    No peace, no peace I find

    =P

    Ôôôôôô Georgia… =P

  4. Antijaba disse:

    Sem querer ser chato, mas acho que, para fazer humor, é preciso conhecer o assunto. Geralmente as boas piadas são feitas com base na realidade. Tente de novo quando você entender o papel da Rússia nessa questão.

    Passar bem.

    Sem querer ser chato, mas acho que, para fazer humor, é preciso ser engraçado. Não que eu seja, pelo contrário. Mas no emprego de vírgulas eu passo bem, obrigado. =)

  5. Jhonatan França disse:

    olá!

    Eu sou fã… sou apaixonado pelas lorotas que aqui são colocadas!

    é um monte de ‘idiotice’ mas q… sei láh.. sem explicação!

    é muito good!

    abs,

    Hahahahahahahahhaha, valeu…

  6. Jhonatan França disse:

    Porq vc ññ escreve sobre o ‘cotidiano’!!

    abs,

  7. disse:

    Que se fodam esses comunistas de merda. Nem pra fazer vodka boa esses russos prestam mais. Espero que morram aos montes. Pelo menos nisto eles sempre foram bons.

    Huahuahauhauahuahauhauahauhau, Zé para presidente do Democratas! =P

  8. mau amigo! nem avisa que mudou de blog (de novo!). tsc, tsc, tsc…

    Achei que linkando já aparecia lá no seu blog… Saudades de você moça! =)

  9. Fernando disse:

    Algo me diz que antes do fim da semana vc terá que comprar um livro… e algo me diz que vai ser pra mim! (tenho uma lista no excel se quiser, hahahahahaha)

    Hahahahahahahahha, você é o segundo que me diz isso… =P

  10. Isso mesmo, chama a Márcia pq ela tem até detector de mentiras!

    Tá brincando! Pô, faz tempo que não assisto aquela merda! hauhauahauhauha

  11. Rachel Juraski disse:

    Eu fiquei imaginando os Uno 1000 subindo as ladeirinhas de La Paz e um país cheio de Ladas ahuauhauhauhauhauhauha

    Hahahahahahaha, visão do Inferno, né?

    Bah, os 13 mil não chegam nunca! :x

    Tá perto, bem perto! =)

  12. Carol disse:

    Hahahahaha, ótimo!

    12.336, o prêmio será meu…

    Continua dando F5 aí! hahahahahahahahaha

  13. Camila Marin disse:

    Pô, o “bichinha homofóbico” se chama Gasparetto, e ele é o máximo!!!! Recebe encosto, dá conselho, palestra, bronca nos convidados e o caraleo a quatro…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: