Mulher gosta de dinheiro, quem gosta de peru é prefeito

Campanha política é coisa do passado, a moda agora é atacar por baixo. A pergunta que o paulistano não cansa de refletir, que ecoa na cabeça da cidade, é aquela com a resposta mais óbvia de todos os tempos: “Sabe se ele é casado? Tem filhos?”. Pela primeira vez o Censo teve razão de ser. Afinal de contas, não existia até hoje um ser – humano ou não – procurado pelo Censo.

A gente de cá sabe [péssima] que o prefeito não é lá muito fã de, digamos, alianças comuns. Longe de mim dar uma de martista porque só o termo já é exdrúxulo. Mas sabemos que, na atual administração, sempre rola um flerte com o PC do B (Paulão César da Benga, talvez?) e com o PMDB (Pé de Mesa Domina o Batatal?), todos da base aliada do Governo Federal. E não venha falar que isso é um ato republicano. Em terra minha [péssima de novo] isso aí é baitolice.

Deeeeeeeeeeejay, solta a Maddona que há dentro de mim!

Deeeeeeeeeeejay, solta a Madonna que há dentro de mim!

Mas já que a coisa dá-se na putaria, se espertos fossem os correligionários do prefeito, a réplica estaria pronta. Afinal de contas, não sabemos se “ele” é casado. Daí pode-se concluir que, “opa, não casei, firmeza, tava na Loca. Mas até aí, não peguei o Suplicy”. Dos filhos então, nem se fala. Quem pariu Supla e João que embale. Isso sem contar a história do franco-argentino, maior exemplo de mentira na política. O dia em que um argentino for franco, o prefeito casa e tem dois filhos.

No fim, os dois candidatos erram. Um porque senta e a gente de cá sabe [insisto, desisto nunca]. A outra porque dorme ao lado de um franco-argentino. A verdade não marta, digo, mata: ex-prefeita gosta de dinheiro, quem gosta de peru é prefeito.

Anúncios

4 pensamentos sobre “Mulher gosta de dinheiro, quem gosta de peru é prefeito

  1. Ana Lacerda disse:

    Totalmente excelente!
    Bjo grande

  2. RodOgrO disse:

    Muito bom!! A Marta tanto gosta de dinheiro que a cara dela tá amassada que nem nota de um real. bada-pshhh

  3. Pobre São Paulo..
    Mas acredito que a situação da cidade reflete nada mais nada menos, o que foi as eleições 2008 no País inteiro… Fomos OBRIGADOS, a escolher o menos Pior para nosso VotO…
    Complicadoooo..

  4. disse:

    O José Simão que mandou uma boa na coluna dele na folha sobre isso. Como resposta, o Kassab deveria dizer: “pelo menos não casei com um argentino”.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: