Com os mano para matar

Dutch Matrix (Arnold Schwarzenegger) vivia na paradisíaca Califórnia com sua esposa, Lone Texas (Chuck Norris), e a filha do casal, Predator Lee (Dakota Fannning). Era uma vida simples mas feliz, onde Lone colhia morangos enquanto Dutch destroçava exércitos em países subdesenvolvidos. A pequena Predator crescia cada vez mais rápido e, aos 12 anos, já era mestra em poeira espacial pelo Instituto de Tecnologia de Massachussets. Tudo era perfeito para a família sem sobrenome.

Até que um dia Conde Drácula (Bolo Yeung)  caiu na bobagem de tentar destruir a felicidade  que reinava naquele pequeno casebre na California. Munido de maldade e de imortalidade, Drácula seqüestrou a pequena Predator. Como resgate, pedia que Dutch e Lone se unissem para acabar com o exército russo no Afeganistão. O porquê não é sabido, mas nos clichês dos filmes de ação dos anos 80, sempre acontecia isso. Dutch e Lone se beijaram, desesperados.

Esta é a segunda cena mais bicha da história do cinema.

Em visita à casa da afilhada, Rambo Cobra (Silvester Stallone) e sua esposa, Gino Felino (Steven Seagal), encontram seus compadres no exato momento em que eles lamentavam a perda da jovem Predator. Sempre munido de palavras sábias e de uma metralhadora, Cobra procurou acalmá-los:

– Vocês são imaturos, seus cocôs! Vamos matar o Drácula!
– Mas ele é muito poderoso! – choramingou Lone.

Dutch olha para a câmera neste instante:

– Eu como Condes Dráculas no café da manhã!

Então os três partem para a Cochabamba, onde o Conde Drácula, junto com seus comparsas Frankenstein (Mr. T), Lobisomem (Chuck Norris, que exigiu um papel quase hétero no contrato), comandam um exército imbatível de mercenários que protegem o principal produto de tráfico daquela região: piadas infames com coxas.

No caminho Dutch, Lone, Cobra e Gino encontram Frank Drago (Dolph Lundgren). Curandeiro da região, Drago quer vingar a morte de seu irmão, Dux Dacou (Jean Claude Van Damme), covardemente assassinado pelo Conde Drácula e que, segundo relatos “chorou feito uma menininha”. Os três aceitam Drago como companheiro, apesar das suspeitas de Cobra, que jurava já ter apanhado daquele cara.

Após invadirem o quartel general de Drácula, com Dutch munido de um jipe com dezessete metralhadoras, Lone portando o roundhouse kick, Cobra um palito de dentes e Gino duas bolas de sinuca e um taco, o esquedrão dizima dois terços da população de Cochabamba. Crianças, lhamas, traficantes de cocaína. Ninguém merece perdão, mesmo os cidadãos trabalhadores da Bolívia. Drago, o mais humano dos cavaleiros do Apocalipse, não demonstra remorsos:

– Se ele morrer, ele morreu!

Conde Drácula assiste tudo de sua torre, acompanhado de seus comparsas. A pequena Predator vê seus pais lutando juntos e começa a chorar:

– Você vai morrer, Drácula! Meus pais vão te matar!
– E quem disse que eu não mato você antes. Mas é claro que, antes de te retalhar, vou jogar mísseis contra os russos e acusar os americanos! Os americanos ficarão ferrados com os russos e mandarão mísseis de volta! Nisso, os ingleses interromperão o chá das cinco e atacarão os franceses. Estes, por sua vez, não farão nada. Os alemães vão atacar de volta, os árabes vão se revoltar e os brasileiros vão pegar uma praia! Uma nova ordem social será criada, à minha mercê! HA-HA-HA-HA-HA!
– Você é um monstro! – responde Predator, cuspindo no rosto de Drácula.
– Tirem essa fedelha daqui!

No exato instante em que um dos capangas pega Predator, a porta explode e Dutch aparece por entre a fumaça.

– Hasta la vista, Drácula!

A torre inteira explode. Drácula consegue se safar. Lone vai para cima de Frankenstein. Predator grita:

– Papai, mamãe! O drácula disse que vai jogar mísseis contra os russos e acusar os americanos! Os americanos ficarão ferrados com os russos e mandarão mísseis de volta! Nisso, os ingleses interromperão o chá das cinco e atacarão os franceses. Estes, por sua vez, não farão nada. Os alemães vão atacar de volta, os árabes vão se revoltar e os brasileiros vão pegar uma praia! Uma nova ordem social será criada, e todos ficarão à mercê dele! HA-HA-HA-HA-HA!

Enquanto todos lutam, Dutch encontra Miyagi (Pat Morita) famoso vendedor de alhos na Bolívia e sócio de Kersey Harmonica (Charles Bronson). Sem trocado para a compra, Dutch fuzila Miyagi e é atingido por Harmonica. Lone, vendo seu amado ferido de morte, mata Frankenstein e vai ajudar aquele que é tudo na sua vida.

Esta é a cena mais bicha de toda a história do cinema.

Drácula então sobe para o ponto mais alto da ponte. Dutch, mesmo ferido, vai atrás de vingança. Os dois se encontram:

– Diga adeus, Dutch!

Sem que Drácula percebesse, Dutch coloca 312 bombas C4 no corpo do Conde. O fim está próximo.

– Adeus!

Drácula explode ao levantar vôo. Predator está salva. Ou pelo menos estava, até encher tanto o saco de Gino Felino com a sua inteligência de uma senhora de 70 anos presa no corpo de uma criança. Sem pestanejar, o homem do rabo de cavalo enfia duas bolas de sinuca na boca de Predator e mata a velha garota. Acertando caçapas diferentes.

The End.

George P. Cosmatos, o filme é seu por uma quantia módica.

Anúncios

2 pensamentos sobre “Com os mano para matar

  1. Fran Tepes disse:

    Se não tiver continuação e o Drácula não voltar triunfante, juro q dou um jeito de te mandar um disco do Djavan!u.u
    ;D

    rsrsrs

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: