Sexo, drogas e suco de tamarindo ou a primeira vez de Mallu Magalhães

Marcelo Camello, que não é João de Santo Cristo mas anda comendo uma menininha da cidade, decide que é hora de deflorar sua pequena, Mallu Magalhães.

*Bob Dylan rolando ao fundo*

– Mallu, eu sou um trovador, um poeta sonhador, um homem pecador, com o pau latejando de dor.
– Hihihihihihi, meu, hihihihihhihihi.
– Mallu, meu amor, libera que não vai ter dor!
– Hihihihihih, não sei, tipo assim, eu cabulei aula, tchubidubaduba.
– Me dá sua flor, me dá seu amor, me dá seu rancor.
– Hihihihihihihihi, ai, ontem e Melissa roubou a lancheira da Angélica, e deu maior briga. Não gosto de briga, sou Dylan, Blowin in the wind.
– Em um codinome beija-flor, deixa eu ser seu liquidificador?
– Daí a Melissa disse que era normal roubar as lancheiras, meu. Eu não acho, eu tiro notas boas mas não sou nerd.
– Quero ser seu condor, prometo que serei com ardor…
– Marcello, quero sorvete de creme, hihihihihihihihi…
– Ô Anna Julia!
– Aff, tem uma Anna Julia na escola. Daí todo mundo canta aquela música tchubidubaduba do Los Hermanos para ela. É engraçado, hihihihihihihihi.
– Vou tirar sua calcinha com furor.
– Hihihihihihih, isso faz cócegas, Má.
– Vamos tocar uma coisa do Jethro Tull, eu trouxe a flauta pra você.
– Tchubidubaduba.
– Isso, toca uma daquelas de doze minutos!
– Que bocal estranho o dessa flauta, hihihihihihihihihi. Parece um camelo, hihihihihihihihihihi. Sacou, Camello?
– Mallu…
– Sabe, as vezes *inaudível* porque você tem de ser o eu dentro de você, e com isso *inaudível* para que *inaudível* aconteça. Ei, o que é isso?
– Leite de coco, Mallu. Leite de coco.

Anúncios

6 pensamentos sobre “Sexo, drogas e suco de tamarindo ou a primeira vez de Mallu Magalhães

  1. Camila disse:

    Kkkkkkk….. pior que deve ter sido isso mesmo. Ó, te falo, a diferença de idade minha pro meu (ex?)namorado é de 14 anos também. Mas ele tem 38 e eu 24… Duvido que se eu tivesse 16 e ele 30 ele olharia pro meu lado e teria sonhos impuros comigo, quer dizer, poderia até olhar e ter os sonhos- desde que eu ficasse caladinha, sácumé?

  2. Ana Lacerda disse:

    quando assistí o último programa Altas Horas do ano, comecei a entender o que era realmente “sentir vergonha alheia”…
    É triste viu…

    bjo

  3. atruculenta disse:

    hahahahaha
    Júlio, vc sabe ser infame!

  4. camila disse:

    amei!!!!!
    Tb senti vergonha alheia..

  5. névoa disse:

    Gostei:provavelmente bem fiel e feito no embalo da transmissão em tempo real da lua-de-mel da Sandy

  6. […] post: Sexo, drogas e suco de tamarindo ou a primeira vez de Mallu Magalhães Share this:TwitterFacebookGostar disso:GosteiSeja o primeiro a gostar […]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: