Cartaz de cartolina é coisa do passado, a moda agora é protestar pelo teclado

Fico aqui imaginando o Lênin, entre um job e outro na agência Vladivostok, soltando no tuiter que o czar vai cair. Imagino o rei Nicolau soltando rimas infames de repúdio à tuitada do líder comuna e dando BLOCK nele. Porém, com followers como o @machadinho e o @bigode, Lênin levaria a melhor sobre o monarca russo e a #revolução aconteceria. Quer dizer, se não tivesse #NOB da Stolichnaya à noite. Mas teríamos a tag #bolchevique em primeiro lugar no Trending Topics.

Claro que anos depois, Lênin perderia em número de folowers para o Mao, do blog O Grande Timoneiro. Torcedor fanático do Corinthians, daí o apelido herdado nas arquibancadas do Pacaembu, Mao conseguiria, graças ao script populacional chinês, reunir nada menos do que meio bilhão de followers à sua causa. Juntos, esse mundo de arrobas e blogueiros fariam uma grande festa do copo vermelho para celebrar a vitória. Sem ajuda do Ashton Kutcher, aquele porco capitalista que não divide a Demi Moore.

Até o dia em que o regime de Mao seria trollado por um jovem, o @desconhecido. Voltando do El Malak, @desconhecido estava bêbado e viu um grande carro verde, onde enxergou a possibilidade de mijar escondido. O mundo inteiro viu o jovem mijando pelo Youtube e congratulou aquele símbolo de liberdade com um grande #NOB, onde as duas musas da internet compareceram para delírio do mundo livre e contestador.

Teríamos ainda a queda do Speedy de Berlim, que deixou em extâse internautas do mundo todo. Ou então as eleições diretas para presidente do #Brazil onde, graças aos pedidos de milhões de tuiteiros, Collor levou a melhor para, anos depois, encarar o movimento dos arrobas pintadas. Todo e qualquer avatar da internet tinha duas faixas pretas, em sinal de luto pelo país. Anos depois, Collor sairia da presidência para entrar no Trending Topics, sempre ele.

E tudo isso feito sem sair do sofá, sem empunhar uma arma ou uma rosa, um cartaz sequer. Tudo feito em html. Excelsior!

Anúncios

12 pensamentos sobre “Cartaz de cartolina é coisa do passado, a moda agora é protestar pelo teclado

  1. Beijomeliga disse:

    Revolução de teclado, tem tudo pra dar certo!
    Beijos pro @aplusk \o/

  2. Barone disse:

    @Michael, eles não ligam pra gente! #forasarney

  3. _g disse:

    #revoluçãojá!

    Pq é mais cômodo protestar com a bunda no sofá que com a cara a tapa

  4. .lucas guedes disse:

    exatamente o que falei hoje no twitter. tem gente que perdeu a noção. ótimo texto.

  5. robson disse:

    RT @_g #revoluçãojá! Pq é mais cômodo protestar com a bunda no sofá que com a cara a tapa

  6. Rebiscoito disse:

    hahahaha sensacional esse texto, parabéns!

  7. falaaverdade disse:

    Excelente o seu texto….Parabéns!!!! E não é que Deus sabe direitinho onde e quando as coisas devem estar?????
    Beijo

  8. mari disse:

    hahaha ótemo! A pura realidade!
    :*

  9. Junior disse:

    Seu ex-comuna meritocrata :-P

    (ficou massa mano)

  10. Júlio seu viado. Muito bom…

  11. @rperazza disse:

    HAHAHAHAHAHAHAHHA ótimo texto.

  12. toriorteru disse:

    eu no sei o vaso debkohffgrdyt6uyolllkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: