Pero que las hay, las hay

Eu não sou um cara supersticioso no mundo normal. Mas no mundo mágico do futebol sou pior que velha católica. Por exemplo: quando assisto jogo em casa, é de lei não vê-lo com a camisa do Corinthians. Nas poucas vezes que desafiei o destino, perdemos para o Tolima.

Sim, eu sou o principal culpado de muitos fracassos do Coringão.

Em 2007, assinei o pay-per-view para ver todos os jogos do Timão. Vocês lembram, claro, que naquele ano o time caiu para a Segundona. E eu estava lá, acompanhando do conforto do sofá a campanha de um time que empatava mais que irmão mais novo. Logo, o pay-per-view virou o gato preto do controle remoto. No início do ano recebi uma ligação do pessoal da Net, e o diálogo é quase literal:

– Boa tarde, senhor Julio!
– Tarde.
– Estamos com uma promoção imperdível do pay-per-view e…
– Moça, desculpa, mas eu não assino o pay-per-view.
– Mas o senhor não gosta do seu time do coração?

Pausa rápida: por que  o pessoal do telemarketing sempre vem com essa de “você não gosta de ler?”, “você não gosta de mulher?”, “você não gosta do seu time do coração?”.

– Mais que gosto, moça, e por isso mesmo não posso assinar.
– Por quê?
– Porque em 2007 eu assinei e meu time caiu para a segunda, esse negócio de pay-per-view é a maior zica.

Ciente de que era inútil combater um fato, a mulher desistiu.

Daí que ontem meu irmão foi em casa e a partida contra o Cruzeiro estava prestes a começar. Fissurado, ele logo mandou:

– COMPRA O JOGO AE JULIÃO!

Está em maiúscula porque meu irmão só fala gritando.

– Nem fodendo, Marcão. Pay-per-view é zica!
– PARA COM ISSO, COMPRA AE, EU PAGO!
– Marcão, vai além da grana. É zica. Da brava!
– COMPRAE MANO!

Dei um muxoxo e comprei. Quando o Cruzeiro fez o fatídico um a zero, olhei para ele com a mesma cara que os padres da Santa Inquisição olhavam as “bruxas” quando elas eram capazes de, sei lá, ferver água só com um olhar.

– Falei pra você. Zica!
– PUTA MERDA!

Juiz apita o final do jogo e eu, incrédulo, digo:

– Essa porra desse pay-per-view do caralho, nos tirou o título invicto. Culpa minha e desse bosta desse Renan.

Por essas e outras que, sempre que vou jogar bola, começo calçando o pé direito. Vai que a chuteira esquerda é outro pay-per-view, melhor não arriscar,

Anúncios

6 pensamentos sobre “Pero que las hay, las hay

  1. Duzis @ne77o disse:

    HAHAHAHHAHAHAHHAHAHHAHAHAHHAHAHAHA!!!

  2. Ricardo Mello disse:

    “Dei um muxoxo”.

  3. pedropsico disse:

    Julio,

    eu, em nome de todos aqueles que frenquentam o Monumental da Rua Rocha, como espectador ou como “jogador” (se é que lá tem algum) podemos dizer com toda a tranquilidade do mundo que você pode, SIM, começar a colocar a chuteira com o pé esquerdo, uma vez que você tem dois.

    Cordiais Lembranças.

  4. Antoniel Andrade disse:

    Porra,eu também tenho uma zica FDP.Assisti todos os jogos do Timão nesse Brasileirão em casa, sossegado ( pelo PFC),os únicos dois jogos que eu não vi,o Timão não ganhou.Empatou com o Flamerda e perdeu pro CUzeiro ontem…hehehe

  5. Dani Torrezani disse:

    Gostei.

  6. Pergunto: Quando você erra um chute e joga a chuteira longe, qual que você atira primeiro?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: